sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Melancolia

Não estou triste, estou um pouco melancólica, só isso. Quem nesta vida nunca ficou assim? Que atire a primeira pedra.

É noite...

É noite e vejo que a escuridão já chegou
Não há estrelas no céu
Será que perderam a hora junto com a lua?
O que nos restou foi um céu esbranquiçado

É noite e sinto falta
Sinto falta da infância que já foi
Da adolescência que deu tanto trabalho
E da juventude que insiste em me deixar

É noite e da janela do meu quarto
Vejo folhas a voar
Subindo e descendo
Formando assim uma linda coreografia

É noite e ouço o latido dos cães
O murmurio do vento na janela
Os sons de muitos carros a passar
E a respiração de meu amor

É noite e eu sei que logo vai terminar
Logo o dia vai chegar
Para um novo cenário criar, mas agora
Só a noite eu quero desfrutar...


Nenhum comentário: